De quem são os seus sonhos?

De quem são os seus sonhos?

Atualizado: 31 de Out de 2018



"Quando bebês, somos feitos praticamente de sentimentos e instintos. Choramos quando estamos com fome, com sono e sorrimos com a presença de pessoas importantes para nós.


Conforme crescemos, vamos desenvolvendo a racionalidade, e os nossos pensamentos e desejos vão ficando cada vez mais complexos. Juntamente com a ânsia de realização das nossas necessidades fisiológicas e afetivas, começam a surgir os desejos de liberdade, de consumo, de carreira, de relações.


No entanto, muitas vezes nossos ideais não são exatamente nossos. Somos modelados, desde a tenra infância, pelas percepções da nossa família, dos nossos círculos sociais, da mídia e da sociedade como um todo. Quando adultos, então, torna-se imprescindível a distinção entre crenças e sonhos próprios daqueles que são do nosso mundo externo para que possamos ser pessoas felizes e realizadas.


Posso prever o que muitos pensam sobre o conceito de felicidade. Ser feliz tem a ver com escolher uma carreira rentável, fazer uma faculdade, trabalhar duro na carreira de formação, casar, ter filhos e construir uma vida confortável para aproveitar a aposentadoria, certo?


Pode ser. Para alguns. Não está errado conceituar a felicidade como este conjunto de fatores se eles realmente fazem sentido para si. Contudo, muitas pessoas não conhecem a sua própria verdade e vivem tristes e frustradas tentando preencher ideais que não são seus. O pior de tudo é que uma boa parte toma essa crença como sua, não se dando conta que estas convicções são enraizadas na sua mente através do que seus pais, seus amigos, seus familiares e o mundo lhe contam.


Quando decidi abandonar minha carreira no Comércio Exterior, trabalhando com carteira assinada, ganhando relativamente bem e me desenvolvendo dentro de grandes empresas, muitas pessoas me questionaram. Meu pai achou que eu simplesmente tinha enlouquecido e estava fazendo a maior bobagem da minha vida.


Porém, quando descobri o Coaching, eu tive certeza que era aquilo que queria seguir pelo resto da minha vida, então me impus e deixei que as pessoas pensassem o que quisessem.


Hoje, todos aqueles que tinham dúvida, me apoiam e me respeitam. Porém, nem sempre foi assim. Eu demorei muito para me dar conta que eu estava cumprindo tabela para agradar os outros, principalmente o meu pai.


Por muito tempo, eu realmente acreditei que a carreira no mundo corporativo era o meu caminho, que eu estava dando a direção certa para a minha vida, tão certa que tentava impor este modo para outras pessoas, gerando atritos e desavenças até mesmo num relacionamento que tive, pois, meu namorado na época queria ter outro estilo de trabalho e de vida.


Através da experiência, do amadurecimento e do autoconhecimento, eu descobri quais eram meus verdadeiros valores e desejos e quais eram os dos outros. Desta forma, descobri minhas habilidades, meus talentos, e comecei a viver uma vida cheia de sentido para mim. Tenho liberdade, desenvolvo pessoas. Sou muito feliz.


Não importa o caminho que você queira seguir. Sendo autônomo ou colaborador em uma organização, casado ou solteiro, profissional de carreira ou aventureiro viajante, não existe certo ou errado. Errado é você viver infeliz tentando seguir um padrão que inventaram para você. Conheça-se, descubra quais sonhos são realmente seus e seja verdadeiramente feliz."


Texto da Coach Juliana Amaral

Fonte: https://www.coachjuliaamaral.com.br/single-post/2016/11/25/De-quem-s%C3%A3o-os-seus-sonhos





0 visualização
NOSSO TELEFONE

(11) 99335-0525| (11) 97444-5908

NOSSO EMAIL
NOSSOS HORÁRIOS

Segunda a Sexta, das 09h às 17h.

INSCREVA-SE AQUI
LINKS ÚTEIS
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2019 Sociedade das Marias