3 dicas para falar do assunto que ama e ainda ser criativa

3 dicas para falar do assunto que ama e ainda ser criativa



Outro dia li o livro chamado: Roube como um Artista de Austin Kleon, onde senti um alívio ao entender que ter ideias é apenas um remix de uma ou mais ideias anteriores.


E esse remix começa com a nossa própria vida, somos um remix da nossa mãe e do nosso pai biologicamente falando, ou seja, carregamos 50% das características de cada um, porém somos muito mais que isso, somos a soma das influências que permitimos entrar na nossa vida e isso nos faz seres únicos, e isso é incrível.


Por isso, você pode sim falar de um assunto que você ama e mesmo que esse assunto já esteja batido, você ainda pode ser criativa.


Já disse Goethe: “Nós somos talhados e moldados por aquilo que amamos”.

#1: Roube qualquer coisa que ressoe em você, que te inspire ou abasteça sua imaginação.


Você pode devorar filmes antigos ou novos, pode devorar músicas, livros, pinturas, fotografias, poemas, sonhos, conversas aleatórias, arquitetura, pontes, sinais de ruas, árvores, nuvens, lagos, rios, mares, luz e sombras. Para roubar, selecione apenas coisas que realmente falam diretamente com você, com sua alma e essência e mescle com o assunto que você domina e entrega. Se você fizer assim, seu trabalho será autêntico.


#2: Modele uma pessoa.


Escolhe alguém que você seja fã, que te represente, que converse com seus sentimentos e estude essa pessoa. Depois de mastigar devagar seu ídolo, descubra quem essa pessoa modela, descubra o ídolo do seu ídolo e repita o processo.


Repita isso quantas vezes achar necessário, vá montando essa árvore até brotar seu próprio galho.


#3: Leia profundamente, mantenha sua mente aberta, seja curiosa e dê um google em tudo.


Não pergunte nada a alguém antes de perguntar para o Google. No Google você vai encontrar a resposta ou encontrar uma pergunta melhor. Aqui cabe manter um caderno de furtos. Carregue um caderno e uma caneta com você, e claro, se acostume a usá-lo, seja para anotar pensamentos, sentimentos, críticas, desabafos e observações. Nesse caderno você também pode anotar as passagens favoritas dos livros que leu, de filmes que assistiu ou de músicas que ouviu.


E lembre-se: nada é original. Nada vem do nada. Todo trabalho criativo é construído sobre o que veio antes. E cada pessoa tem sua forma de olhar o mundo, por isso, se conheça, trabalhe com propósito e olhe positivamente para o seu mundo.


Um beijo no coração


Aline Bringel


Que tal escrever para o Blog das Marias ou anunciar aqui?

Entre em contato conosco e saiba mais: (11) 9 9335-0525



0 visualização
NOSSO TELEFONE

(11) 99335-0525| (11) 97444-5908

NOSSO EMAIL
NOSSOS HORÁRIOS

Segunda a Sexta, das 09h às 17h.

INSCREVA-SE AQUI
LINKS ÚTEIS
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2019 Sociedade das Marias